5 dicas de negociação para iniciantes

1) Diversifique

Um dos erros mais comuns de iniciantes é tentar prever a próxima Magazine Luiza, ou adivinhar quando vai ser a próxima explosão do bitcoin. A verdade é que mesmo para profissionais é muito difícil prever esses momentos. Por isso Ray Dalio, gestor de um dos maiores fundos do mundo, e detentor de uma fortuna de US$19 bilhões, disse que “diversificar é a coisa mais importante que você deve aprender para investir bem”. Warren Buffett, o lendário “Oráculo de Omaha”, também compartilha dessa opinião, que recomenda que investidores menos experientes deixem seu dinheiro acompanhando o mercado, sem tentar escolher ações.

Os criptoativos tem imenso potencial de retorno, é verdade - apenas em outubro de 2019 os ganhos foram de 5,2%. Contudo, são mais arriscados do que a maior parte dos outros ativos de renda variável. Por isso, devem compor o portfólio de qualquer investidor, mas nunca de forma totalmente concentrada. Para saber quanto alocar em ativos arriscados, é preciso somar vários fatores, como apetite a risco, e prazo do investimento.

2) Estude o mercado

O estudo do mercado deve ser parte da vida de qualquer investidor. O mundo dos criptoativos tem uma linguagem própria, e entender alguns conceitos é essencial para interpretar as notícias. Você sabe o que é um hard fork? Sabe o que quer dizer um mercado dominado por FUD? De qualquer forma, preparamos um criptodicionário para você entender os principais termos.

Também existe a questão de que a negociação de criptoativos tomou muitos termos do mercado financeiro. O investidor precisa também saber termos como “livro de ordens” e “ordem executada e executora”. Isso é necessário para entender como administrar suas negociações e elaborar entradas e saídas.

3) Acompanhe o mercado

O terceiro elemento do estudo é o acompanhamento do mercado. Pode parecer uma repetição do item anterior, mas eles não são a mesma coisa. Estudar o mercado é aprender termos e técnicas mais “permanentes”, mais fundamentais. Acompanhar o mercado é sentir o “pulso” das pessoas que estão interagindo nesse ambiente de compra e venda. É um estudo que deve ser feito continuamente, até pelos profissionais, pois o ambiente está sempre mudando.

Ao contrário do que muitos pensam, não é preciso dedicar horas e horas por dia a isso. Para entender o clima da economia em geral, alguns minutos lendo a sessão corporativa do jornal bastam. No mundo dos criptoativos, o Mercado Bitcoin tenta facilitar ao máximo essa análise: contamos um grupo de Telegram atualizado pelo nosso diretor Fabricio Tota, lives toda terça feira e e-mails quinzenais com as principais notícias e suas implicações.

4) Controle seu psicológico

Uma vez que tenha implementado o hábito de acompanhar o mercado, é fácil se deixar levar pelas fortes emoções que ele proporciona. Quando os criptoativos - ou a bolsa - estão subindo todos estão animados, e esperando a próxima máxima. É nesse momento que parece que as notícias positivas estão em todos os lugares ao mesmo tempo. A euforia pode nos levar a fazer negócios que, no futuro, poderão parecer sem sentido. O mesmo vale para baixas. Quando todos estão pessimistas, podemos ser levados a vender nossos ativos com prejuízo, só para vê-los recuperar o nível de preço poucos meses depois.

Contudo, cuidado. Isso não quer dizer que você nunca deve vender seus ativos, ou nunca entrar no mercado. O controle do psicológico serve para saber qual o seu limite de perdas e de ganhos também. Entrou em uma operação, ganhou 10% e está confortável com isso? Realize. Não importa se depois o preço triplicou, já que vocẽ não tinha essa informação no passado. Da mesma forma, se um prejuízo de 5% começa a te incomodar, realize. Não espere ele melhorar, por que da mesma que ele pode subir, pode cair mais ainda. Contudo, se a situação, qualquer que ela seja, não te incomoda, e sabe dos riscos que está correndo, continue com a sua operação.

5) Escolha uma estratégia e fique com ela

Um artigo diz que day trade é a melhor forma de ganhar no mercado. Outro diz que o segredo é segurar ativos por anos. Um diz que é melhor comprar um pouco todo mês, independente do nível de preços. Outro diz que o melhor é guardar capital e comprar tudo de uma vez, quando o mercado parecer favorável. Em quem acreditar?

O mais importante é se conhecer e saber o que é adequado ao seu perfil. Algumas pessoas conseguem ganhar dinheiro com day trade, mas definitivamente não é uma modalidade para todos. Uma pessoa mais inquieta pode não se sentir confortável em segurar suas ações por anos e verificar o preço a cada 3 meses. Para saber seu perfil, é preciso testar, é verdade. Contudo, uma vez que descubra o que é mais adequado ao seu perfil, fique com a estratégia. Cada uma das estratégias possíveis têm vantagens e desvantagens, mas ficar mudando entre uma e outra sem critério é uma certeza de perda de capital.

Resumindo

Acima de tudo, é preciso que o investidor faça sua lição de casa. Isso não quer dizer que não deve ouvir influenciadores, ou dicas de investimento. O ponto é a necessidade de estudar e ver criticamente todas as recomendações e informações que passam por sua mesa - sim, isso inclui as que passamos aqui no Mercado Bitcoin. Uma vez que você estude o mercado, e acompanhe as condições, terá uma bagagem para avaliar bons momentos de oportunidade. Essas oportunidades serão ditadas pelo sistema de de investimento que vocẽ escolher, já que cada um tem uma necessidade. Por isso esse item é o último da lista. Uma vez que todos os outros forem aplicados, você terá muito mais condições de selecionar suas próprias oportunidades, de acordo com o que você mesmo decidir. Que tal começar agora mesmo? Acesse nosso site e boas negociações!

Post anteriorPróximo post