Educação

Como minerar Ethereum, qualquer um consegue? Passo a Passo!

Criado em 02/02/2022 - Atualizado em 02/02/2022

6 minutos de leitura

Como minerar Ethereum, qualquer um consegue? Passo a Passo!

Minerar Ethereum é uma atividade extremamente lucrativa, porém, ao contrário do que se imagina, é arriscado. Primeiramente, é preciso investir em equipamentos que custam, no mínimo, R$ 15 mil para ter uma operação rentável.

Em seguida, deve-se considerar que a renda é paga na criptomoeda ETH, e sua cotação pode variar muito. Além do investimento inicial em equipamento, é necessário um gasto de energia muito alto. Desse modo, pagando a tarifa de energia residencial no Brasil, dificilmente compensa minerar Ethereum no Brasil.

Acompanhe conosco como funciona a mineração de Ethereum, e para que serve.

O que é mineração de Ethereum?

Minerar Ethereum é o processo que registra e valida transações da rede sem a necessidade um controle central.

  • Os mineradores prestam um serviço para os usuários, e isso requer equipamentos especializados, que custam mais de R$ 3 mil cada.
  • Estas máquinas consomem muita energia elétrica, pois funcionam na base da tentativa e erro, realizando milhares de operações por segundo.
  • A solução matemática (hash) encontrada pelo minerador se encaixa ao blockchain existente, o banco de dados público.
  • Em troca deste dispêndio, o minerador de Ethereum recebe moedas ETH recém-criadas como recompensa.

Veja abaixo como funciona e para que serve a mineração.

Como Funciona a mineração do Ethereum?

Em palavras simples, minerar Ethereum significa participar de uma loteria eletrônica, testando conjuntos de letras e números aleatórios (hash) até encontrar a solução do novo bloco de informações.

bloco-ethereum

Veja acima a solução do bloco 13959110, que deu ao minerador uma premiação de 2,37586 ETH.

  • No Ethereum, cada bloco é encontrado, em média, a cada 13 segundos, com uma premiação de 2 ETH.
  • O minerador pode incluir transações no bloco, e assim ganhar parte das taxas pagas por estes usuários.
  • Diferentes mineradores competem para encontrar a solução (hash).
  • É possível receber uma remuneração parcial se um bloco válido for descartado.

A demanda por espaço no blockchain da Ethereum cresceu exponencialmente com as movimentações de tokens não fungíveis NFT e aplicativos do metaverso.

Como funciona o algoritmo que gera a solução (hash)?

Algoritmo é um conjunto de regras que determina quais respostas são válidas para o problema proposto. Da mesma forma que uma imagem pode ser compactada no formato JPEG, o processo de hash reduz uma sequência de dados.

  • No caso do Ethereum, foi escolhido do Ethash, uma função matemática que difere do modelo do Bitcoin, o SHA-256.
  • Qualquer alteração mínima nas informações gera um hash completamente diferente.
  • Cada novo bloco encontrado ao minerar Ethereum inclui o hash do bloco anterior, assegurando o sequenciamento da informação.
  • Os usuários da rede que rodam o software (node) podem validar se o trabalho foi realizado corretamente, de forma simples e quase sem custo.

Caso haja alguma irregularidade esses usuários rejeitam o bloco, fazendo com que a eletricidade utilizada na mineração tenha sido desperdiçada.

O que são pools de mineração?

Pool é uma cooperativa de mineração utilizada para aumentar as probabilidades de encontrar a solução do bloco. Qualquer um pode atuar de maneira independente, porém corre o risco de ficar dias ou semanas sem recompensa.

No modelo da cooperativa (pool), uma taxa que varia entre 0,5% e 2%, porém cada usuário é pago de forma proporcional ao seu poder de mineração. Em suma, traz uma previsibilidade maior ao dividir a premiação entre os participantes.

Se você é do tipo de investidor conservador, certamente vai preferir receber pagamentos periódicos através dos pools.

Qualquer um consegue minerar Ethereum?

Sim, a rede Ethereum é aberta, portanto qualquer usuário consegue receber o hash do bloco anterior e transmitir dados para os demais participantes.

  • Existem softwares de mineração disponíveis para Windows, MacOS, Linux, e Android.
  • Conforme mais máquinas entram na competição, a dificuldade da rede aumenta para manter o intervalo médio de cada bloco em 13 segundos.
  • A dificuldade maior do algoritmo Ethash exige máquinas cada vez mais potentes, causando a depreciação de modelos antigos.

Não existe dinheiro fácil na mineração, especialmente quando temos de um lado os custos de energia e das mineradoras fixo, e do outro a dificuldade do algoritmo e o preço do ETH variável.

Como minerar Ethereum Passo a Passo

  1. Investir em hardware: usualmente placas de vídeo potentes (GPU), ou equipamentos projetados para essa finalidade (ASIC).
  • Verifique se o equipamento é capaz de entregar soluções (hashes) dentro da dificuldade atual; mineradoras antigas ou placas de vídeo com menos de 3 GB de memória não atendem aos atuais requisitos.
  • Encontre um espaço ventilado e longe da umidade para instalar o equipamento; é obrigatória uma conexão com a internet estável, além da fonte de energia.
  1. Instalar o software: disponível para Mac, PC, Unix, e Android, variando desde aplicativos totalmente customizáveis até aqueles que rodam sem nenhuma configuração adicional.
  • São mais frequentemente utilizados MinerGate, Geth e Ethermine.
  • Alguns aplicativos buscam automaticamente as moedas mais rentáveis conforme seu equipamento.
  • É possível minerar moedas que utilizam um algoritmo semelhante (merge mining) sem perda de eficiência.

Abaixo temos uma tela de exemplo do software MinerGate.

minergate-ethereum
  1. Escolher um pool (cooperativa): para aumentar as probabilidades de encontrar a solução do bloco, usualmente os mineradores trabalham em conjunto, distribuindo a receita entre os participantes.
  • Lembre-se de informar o endereço da sua carteira (wallet) para receber suas moedas pelo esforço computacional.
  • Alguns pools determinam um limite mínimo ou periodicidade para saques.

De fato, minerar Ethereum pode ser uma atividade lucrativa. Porém, é preciso considerar o potencial aumento no número de mineradores, que por sua vez, reduz a rentabilidade dos demais.

Equipamento necessário para minerar Ethereum

O atual nível de dificuldade de mineração já deixou obsoletos equipamentos com menos de 3 gigabytes de memória VRAM. Uma placa gráfica de última geração, RTX 3080ti, consegue gerar um lucro diário de R$ 18 de acordo com estimativas do Minerstat.com.

No entanto, o custo deste equipamento nas lojas brasileiras é próximo de R$ 12 mil, portanto, são 22 meses para recuperar o investimento.

quanto-custa-minerar-ethereum

Para efeito de comparação, a placa de vídeo RX 6660, vendida por R$ 3,3 mil nas lojas, consegue gerar um lucro diário de R$ 6,70. Desse modo, levam 16 meses para recuperar o investimento, considerando o custo residencial médio de energia no Brasil.

Mineração na nuvem é seguro?

Não, esta atividade não deve ser terceirizada ou feita de forma remota, sem controle dos equipamentos.

  • Tome muito cuidado com as ofertas de mineração na nuvem ou compartilhada.
  • São inúmeros os casos de golpes que utilizam este modelo de divulgação.
  • É comum encontrar empresas de fachada e até mesmo aluguel de equipamentos para enganar investidores em visitas presenciais.

Existem ações de empresas mineradoras listadas nas bolsas do Canadá, EUA, e Europa. Portanto, se o seu interesse é investir no setor sem comprar o equipamento diretamente, dê preferência a estas grandes empresas que possuem contratos de energia de baixo custo e galpões preparados para esta finalidade.

Vale a pena minerar Ethereum no Brasil?

Depende, pois a rede Ethereum está próxima de encerrar seu ciclo de mineração, saindo do modelo Prova de Participação. De fato, esta mudança já foi postergada algumas vezes, e é possível que só ocorra em 2023.

No entanto, considerando um prazo médio de 16 meses para rentabilizar o equipamento, a operação apresenta um risco alto. Além disso, quando o Ethereum 2.0 for implementado, é possível que o preço dessas placas de vídeo e mineradoras ASIC do Ethash apresentem forte queda.

Viu como minerar Ethereum é mais simples do que se imagina? Abra sua conta no Mercado Bitcoin, e inicie hoje mesmo sua jornada no mundo das finanças digitais.

Fique ligado

Ainda não tem conta?

Participe agora da nova economia digital!

Criar conta

Fique por dentro das novidades

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo assim que sair.