Educação

Como saber se uma exchange é segura?

05/01/2021

5 minutos de leitura

Como saber se uma exchange é segura?

As exchanges, ou corretoras de criptomoedas, possibilitam a compra e venda de Bitcoin. No entanto, o segmento se desenvolveu muito nos últimos anos. Portanto, as plataformas se diferenciam na oferta de serviços, além de prazos, taxas, e, acima de tudo, risco.

Primeiramente, o mercado de criptomoedas não é só Bitcoin. Além das conhecidas Ethereum, Litecoin, e Bitcoin Cash, surgiram também as stablecoins (lastreados) os utility tokens (utilidade), além dos digital assets, ativos reais representados no formato digital.

De fato, existem algumas similaridades com as corretoras de ações, ligadas à bolsa de valores. No entanto, cada exchange de criptomoedas possui sua própria oferta de ativos, normas de controle, além da própria base de clientes. Desse modo, os riscos são muito diferentes, especialmente quando se fala de entidades estrangeiras operando no país.

Comprar Bitcoin em diferentes exchanges pode até transparecer de forma similar, no entanto, a segurança nas transações varia muito. No Mercado Bitcoin, realizamos um trabalho para garantir que maus atores não estejam envolvidos nas transações.

Nossa dedicação e comprometimento com a segurança é comprovada através dos mais de 7 anos de funcionamento sem intercorrências, hacks, ou vazamentos. Somos a única exchange de criptomoeda no Brasil possui tal histórico, e isso foi reconhecido por instituições internacionais.

Quer entender porque o Mercado Bitcoin é a melhor exchange, ou corretora, de criptomoedas? Acompanhe conosco!

Para que servem as exchanges?

As exchanges, ou corretoras de criptomoedas, são plataformas que facilitam a compra e venda de criptomoedas e tokens. Em síntese, estas empresas intermediadoras apenas conectam compradores e vendedores, assegurando que cada um receba o que foi negociado.

Embora as criptomoedas permitam a livre negociação entre seus usuários, no modelo conhecido como p2p, o risco para ambos é muito grande. Deste modo, para facilitar este processo, surgiram as exchanges, similares às corretoras tradicionais.

Ou seja, são empresas que cobram taxas em troca do serviço de intermediação e liquidação, o acerto financeiro, além da custódia (guarda) e envio dos criptoativos. Em suma, o Mercado Bitcoin torna a compra de venda de criptomoedas mais prática e segura.

Veja aqui a diferença entre ativos digitais e criptomoedas, e aprenda sobre as oportunidades de rentabilidade com liquidez.

Como saber se uma exchange é segura?

Primeiramente é preciso pesquisar a reputação da empresa, além do histórico de funcionamento. O Mercado Bitcoin se orgulha em ser a única latino-americana entre as 25 exchanges mais confiáveis do mundo, segundo estudo conduzido pelo Blockchain Transparency Institute (BTI).

Em seguida, verifique se há registro de vazamento de dados de clientes, ou períodos em que clientes ficaram impossibilitados de resgatar valores. De maneira similar, a exchange deve apresentar um quadro de diretores com experiência, incluindo as áreas de compliance, jurídico e tecnologia da informação.

Outro excelente indicador é a disposição da mesma em colaborar pró-ativamente na profissionalização do setor. A busca por melhorias nas práticas de Conduta e de Prevenção à Lavagem de Dinheiro é uma das principais bandeiras da ABCripto, Associação Brasileira de Criptoeconomia, na autorregulação.

É importante ressaltar que durante toda a consulta pública realizada pela Receita Federal, nós aqui no Mercado Bitcoin participamos ativamente para nos certificar de que as normas não inviabilizariam o mercado e, ao contrário, permitiram seu crescimento.

Exchanges estrangeiras são seguras?

Em primeiro lugar, se a exchange utiliza domicílio em paraíso fiscal, isso representa sérios riscos no caso de eventuais litígios. Deste modo, qualquer ação ou recurso movido tende a levar muito mais tempo, e as chances de um bloqueio de ativos é infinitamente menor.

No Brasil, a Instrução Normativa nº 1.888 da Receita Federal passou a vigorar em agosto de 2019. Desta forma, diversas obrigações foram criadas para declarar movimentações de criptoativos, independente do país onde se encontra o registro.

As exchanges foram então obrigadas a declarar mensalmente todas as operações realizadas pelos seus clientes, tais como compra, venda, permuta e movimentações de clientes.

Em resumo, utilizando o Mercado Bitcoin como parceiro, este registro fica por nossa conta. O mesmo não pode ser assegurado por entidades estrangeiras, mesmo que possuam uma representação local.

Mercado Bitcoin é seguro?

Sim, além do Mercado Bitcoin figurar no ranking do Blockchain Transparency Institute (BTI), recebemos em 2020 o prêmio de melhor corretora de criptoativos da América Latina pela ADVFN International Financial Awards.

Para atingir este nível de excelência adotamos as melhores práticas de segurança, tratando de forma correta informações sensíveis dos clientes. Não somente, adotamos medidas de prevenção e salvaguardas no gerenciamento das carteiras de criptoativos e fundos de nossos usuários.

Um dos pilares centrais do Mercado Bitcoin é sua preocupação com a segurança. Nossos clientes contam com Verificação em Duas Etapas (2FA), palavra segura, e PIN para acessar suas contas e realizar operações.

Veja na prática quais as ferramentas de segurança digitais utilizadas por nós. Os mais de 2 milhões de clientes cadastrados, além do histórico nulo de vazamentos ou ataques, mostram nosso alto nível de comprometimento e ética.

Diversificação de carteiras

Uma carteira de investimentos diversificada busca reduzir possíveis perdas causadas por riscos inesperados. Esta estratégia é ainda mais válida em países como o Brasil, onde a própria moeda local possui alta volatilidade, ou seja, pode mudar sua cotação repentinamente.

A teoria econômica prova que os investidores se beneficiam alocando percentuais em diferentes classes de risco. Por isso, é fundamental buscar investimentos que possuam vertentes de valorização distintas.

É possível montar uma carteira conservadora incluindo Títulos de Precatórios, dívidas do Governo e Estados, ou seja, ativos reais com alto retorno e liquidez. Deste modo, o investidor consegue um retorno esperado muito acima da inflação, podendo ser negociado de forma tokenizada.

Estes criptoativos lastreados em ativos reais são oferecidos através de nossa plataforma MB Digital Assets, completamente integrada no Mercado Bitcoin que você já conhece e confia. Em resumo, temos ativos digitais que inclusive já foram integralmente liquidados, remunerado juros aos investidores. Deste modo, podemos prover um excelente histórico de resultados em tokens de consórcio e de precatório para nossos clientes.

Diferenciais do Mercado Bitcoin

No Mercado Bitcoin tudo é feito de forma rápida, eletrônica e segura. Desde o processo de cadastro, até a negociação e transferências de valores, realizados através de nosso site ou aplicativo para Android e iOS.

Através de nosso suporte, os usuários podem tirar suas dúvidas, ou solicitar atendimento por nossa equipe interna. Prezamos pelo treinamento da equipe, que conta com mais de 150 colaboradores qualificados e capacitados para atendê-los em qualquer dia da semana.

Tenha certeza que segurança e liquidez, ou seja, grandes volumes mesmo em períodos de forte oscilação de preços são os aspectos mais importantes ao escolher um parceiro para negociação. Tratamos nossos clientes com respeito e dedicação, e por este motivo somos a líder absoluta.

Agora que você já entendeu porque a exchange Mercado Bitcoin é segura, siga nossas dicas no Youtube, e acompanhe as novidades do mercado de finanças digitais.

Fique ligado

Ainda não tem conta?

Participe agora da nova economia digital!

Criar conta

Fique por dentro das novidades

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo assim que sair.

Sim
Não