Confira as principais dicas para investir em bitcoins e outros criptoativos

A recente alta no valor do Bitcoin reaqueceu o mercado e trouxe uma nova onda de investimentos em criptomoedas. Mas é preciso estudar bem o comportamento do mercado antes de começar a investir. “A volatilidade traz boas oportunidades ao investidor, mas o que vemos é que muitos acabam entrando na euforia e aplicando mais do que poderiam”, analisa Luiz Calado, economista-chefe do Mercado Bitcoin.

Uma das primeiras dicas é estabelecer uma meta de rentabilidade plausível, mesmo sabendo dos riscos inerentes a esse setor. No vídeo abaixo, Lucas Pinsdorf, da área de Economia do Mercado Bitcoin, dá outras dicas importantes para quem está iniciando sua experiência no mercado de criptomoedas:

Dica 1: Pesquise antes de investir

No mercado financeiro tradicional, antes de comprar uma ação de uma companhia, os investidores fazem vasta pesquisa sobre o setor de atuação, o que ela faz e sua saúde financeira.

O mesmo deve ser feito com o mercado de criptomoedas. Antes de investir em bitcoin ou outros criptoativos, os potenciais investidores devem pesquisar sobre a moeda, seus usos e tendências de valorização. Na plataforma do Mercado Bitcoin, por exemplo, é possível transacionar Bitcoin, Bitcoin Cash e Litecoin.

Dica 2: Não invista mais do que você pode perder

É importante saber que o mercado é volátil e não há uma regulação clara que indique qual será o seu futuro. Sabendo que é possível ter altos lucros e prejuízos, a recomendação é que a pessoa invista aos poucos, começando, por exemplo, com 1% de seu patrimônio.

Dica 3: Identifique o momento de mercado

O mantra de quem investe na bolsa de valores é sempre tentar “comprar na baixa e vender na alta”. Mesmo assim, muitas pessoas se deixam levar pela emoção e, ao verem o valor da criptomoeda reduzir 10%, por exemplo, decidem vender para evitar mais perdas. A dica é que o investidor entenda o sentimento geral do mercado, avalie os momentos de baixa de acordo com os gráficos e decida a melhor hora para comprar, a partir de uma estratégia predefinida. Por isso, é importante estudar bem o mercado antes de investir.

Dica 4: Entenda seu perfil de investidor

Existem basicamente dois tipos de investidores em criptomoedas e bitcoin: os que estudam a fundo e acreditam na tecnologia e os traders. No primeiro caso, a pessoa investe sabendo que a tecnologia é tão revolucionária que, no longo prazo, poderá ter lucros se investir nela neste momento. Já os traders normalmente vêm do mercado tradicional e fazem análises técnicas para entrarem e saírem do mercado em um curto prazo, obtendo pequenos lucros em cada operação.