Entenda o que é API de dados e a sua importância na segurança digital

Você provavelmente já viu o termo "API de Dados" em sites de investimento ou de corretoras, até mesmo no próprio Mercado Bitcoin. Do ponto de vista literal, API significa "Application Program Interface". Apesar disso, a sigla não nos diz muito sobre o que é, exatamente, uma API, e como ela pode melhorar sua experiência de investimentos e a segurança na utilização das plataformas.

O que é uma API

Uma analogia que vimos recentemente no site How-to Geek e que pode ajudar muito a entender o propósito de uma API é a do menu de um restaurante. Quando entramos em um restaurante, geralmente somos apresentados a um menu que lista e descreve os pratos disponíveis. Quando escolhemos, avisamos o garçom, a cozinha prepara nosso pedido e ele vem até nós.

Uma API de dados geralmente funciona da mesma forma. Ela lista as funções disponíveis aos seus usuários e uma descrição do que cada uma delas faz. O usuário faz uma requisição, e seu "pedido" retorna até ele. Dizemos geralmente por que em algumas situações o próprio usuário deve dar dados para a API para que seu pedido venha correto — podemos pensar em um restaurante no qual é possível pedir para o chef mudar um pouco os pratos, adicionando ou retirando ingredientes.

Uma API, é, portanto, uma requisição que se faz a um programa, com formato e respostas específicas. Quando se faz uma requisição a uma API, ela retorna com uma ação esperada dentro dos parâmetros. Da perspectiva do usuário, APIs permitem que ações sejam completadas sem sair do site. Na maior parte das vezes, a API pode ser acessada do próprio navegador do usuário, permitindo que ele veja o resultado em seu próprio dispositivo.

Portanto a API é importante para praticamente qualquer site e usuário, por que facilita a interação com os dados disponibilizados pela plataforma. Podemos pensar na API também como material de construção — com cada função que ela permite executar e consultar sendo um tijolo. O usuário pode pegar os tijolos que mais lhe interessam e construir o edifício mais adequado à sua necessidade.

Exemplos práticos

API de Pagamentos

Uma API de dados pode servir propósitos além dos investimentos.

Imagine que uma pessoa queira começar uma loja online, vendendo tênis, para complementar sua renda. Receber o dinheiro não é resolvido simplesmente com algumas linhas de código — é preciso usar programas específicos, que se integram com cartões de crédito, mecanismos de geração de boletos e outros. Ela deve integrar seu site a um programa que processe esses pagamentos — essa integração é feita por meio de uma API.

Essa API tomará algumas informações de seu site — parâmetros específicos que vão dizer a ela o que fazer. As informações incluem quem está comprando, por que valor e qual a forma de pagamento. De posse dessas informações, o cartão da pessoa será validado ou o boleto gerado. Ou seja, a API é uma forma segura de processar os pagamentos de forma correta.

API do Mercado Bitcoin

O Mercado Bitcoin oferece uma API de Dados de forma pública, para que qualquer um possa acessar. Não é necessário criar conta ou fazer qualquer tipo de autenticação. Ela funciona da mesma forma que a API de pagamentos — quando o usuário insere os parâmetros específicos, a API retorna os dados pertinentes. Os dados podem ser apresentados de diversas maneiras possíveis, mas a mais comum é no próprio browser, com os parâmetros sendo inseridos na própria URL.

Estrutura da API de Dados

A consulta a URL da API de Dados segue uma estrutura específica. Primeiro, é preciso fazer uma requisição à seção do site dedicada à API, indicando que se quer acessar essa parte específica. A API nada mais é do que uma parte do site dedicada à coleta e disponibilização de informações. Por isso esse passo indica ao servidor que o usuário quer usar esse serviço:

Em seguida, devemos indicar de qual criptoativo queremos extrair os dados. Cada criptoativo tem um código específico, de três letras: Bitcoin (BTC), Litecoin (LTC), Bitcoin Cash (BCH), Ripple (XRP) e Ethereum (ETH). Usando esses códigos, o servidor consegue saber os dados de que moeda o usuário quer:

O terceiro passo da estrutura é indicar qual comando queremos dar, o que vai determinar quais dados serão mostrados na tela. Todos os comandos são explicados em detalhes nessa página. Vamos inserir o comando "day-summary", que indica um resumo de todos os dias passados.

No caso do comando "day-summary" temos um quarto passo, que é inserir a data desejada. O formato deve ser específico, ou seja, primeiro o ano, depois o mês, depois o dia. Isso, por conta da natureza do código, que entende as datas apenas dessa forma. O formato fica assim:

Exemplo prático - consultando a API de Dados

Uma das consultas mais comuns e úteis da API de dados do Mercado Bitcoin é o resumo diário, ou "day-summary". O investidor pode saber os principais dados do dia com uma consulta rápida, e comparar o resultado com outros dias.

Por exemplo, um dos dias mais importantes para o Bitcoin em 2020 foi 3 de janeiro, dia em que Trump ordenou a morte do general iraniano Qasem Soleimani. Em meio ao pânico, ativos como o ouro e o Bitcoin se valorizaram, e podemos ver esse efeito nas negociações do Mercado Bitcoin.

Ao fazer a consulta, temos os seguintes dados:

Um aumento de 6% em apenas um dia! Graças à API de dados, conseguimos ver exatamente o impacto de certos eventos em dias específicos. A resposta de uma série de perguntas fica mais fácil:

Quanto o Bitcoin subiu no último ano? E desde o começo do ano? Qual foi o volume transacionado nos últimos 10 dias? Qual foi o preço médio praticado naquele dia?

Isso somente usando o comando "day-summary". A API de dados do Mercado Bitcoin apresenta uma ampla variedade de possíveis pedidos e resultados. O usuário consegue vários tipos de informações que poderão ajudar em sua análise de investimento. É possível consultar todos os serviços disponíveis, bem como o passo a passo de fazer requisições, aqui. Com a API de Dados do Mercado Bitcoin, o usuário consegue obter informações sobre o mercado de criptomoedas, em moeda brasileira, de forma rápida e segura.

Post anteriorPróximo post