Mercado Bitcoin é destaque no Fantástico deste último domingo

Uma reportagem do Fantástico foi apresentada no dia 25 de março, explicando o funcionamento do Bitcoin e apresentou o cenário brasileiro da criptomoeda. Houve um destaque muito grande à bolsa de criptomoedas Mercado Bitcoin.

Foram analisados diversos aspectos, desde aplicações comerciais até seu uso como alternativa de valorização do capital investido.

Na reportagem, foram apresentados casos de uso de Bitcoin como forma de pagamento. Um empresário no Rio Grande do Sul mostrou que o lucro de sua operação com Bitcoin permitiu financiar aquisições para sua empresa prosperar. Foi também realizada uma transação de bitcoins ao vivo entre a repórter e um comerciante.

Rodrigo Batista, sócio-fundador do Mercado Bitcoin, maior bolsa de criptomoedas brasileira em número de clientes e volume de mercado, foi cuidadoso com as palavras, advertindo sobre alguns riscos:

“Existem casos de pessoas que ficaram ricas sim comprando Bitcoin, mas há também casos de pessoas que perderam muito dinheiro”.

Depois de explicar alguns conceitos sobre o Bitcoin, a reportagem foca em como participar desse mercado no Brasil.

Um dos meios é o chamado peer-to-peer, em que uma pessoa compra de outra pessoa diretamente. Contudo, isso pode representar riscos, caso não se compre de uma pessoa conhecida. Como alternativa para diminuir este risco, existem as bolsas de criptomoedas, e a reportagem do Fantástico escolheu o Mercado Bitcoin como representante deste movimento digital no Brasil, ao considerá-la a maior do gênero no Brasil. A reportagem destacou que havia sido movimentado R$30 milhões no site nas últimas 24 horas.

Começando a operar em 2011, o Mercado Bitcoin possui mais de 100 funcionários. Seu website, que possui mais de um milhão de clientes cadastrados, recebeu mais de 20 mil acessos simultâneos na tela de transações, mais de 4 mil na tela de cadastro e pessoas de 900 cidades no Brasil durante a reportagem do Fantástico.

A reportagem pode ser acessada neste link.