Criptoativos

O que é o Halving e Como Funciona? Tudo o Que Você precisa saber!

Criado em 11/10/2021 - Atualizado em 11/10/2021

5 minutos 30 segundos de leitura

O que é o Halving e Como Funciona? Tudo o Que Você precisa saber!

Qual a regra de emissão da moeda brasileira, o Real (R$)? Simplesmente não existe. Enquanto isso, o Bitcoin possui um corte automático na criação de novas moedas. Este processo é chamado halving, ou corte pela metade, que ocorre a cada 4 anos.

De fato, esta decisão foi arbitrária, assim como o limite de 21 milhões de moedas. Na realidade, o mais importante é a quantidade de moedas em circulação ser previsível e facilmente verificável.

Nesse artigo vamos explicar:

  • Como o halving impacta no preço.
  • Como ocorre este processo.
  • Se o Bitcoin tem inflação, e como se compara com o ouro.
  • O que acontece com os mineradores.

O que é Bitcoin? É uma moeda ou software?

Bitcoin é a primeira moeda virtual, um bem que só existe no formato digital, dentro de um banco de dados compartilhado entre todos os usuários. Ou seja, ao receber uma fração de Bitcoin, conhecida como Satoshi, tudo o que ocorre é uma transferência de uma “conta” para outra.

Ao mesmo tempo, a rede Bitcoin é composta por usuários que rodam o software, no qual é possível validar todo o histórico de transações e visualizar que “conta” é a dona de cada moeda. Em resumo, o usuário possui total controle, sem depender de bancos ou governos.

Abaixo a equipe da @usecripto explica como são armazenados os Bitcoins.

Afinal, o que é halving do Bitcoin?

Satoshi Nakamoto, a pessoa ou grupo que criou o Bitcoin, fez algumas decisões arbitrárias:

  • Limite máximo de 21 milhões de moedas a ser emitido.
  • Emissão inicial de 7.200 moedas por dia.
  • Redução da emissão pela metade a cada 4 anos.
  • Intervalo entre cada bloco de informações de 10 minutos.

Desse modo, foi criado um sistema inflacionário, porém decrescente com o tempo. Fazia sentido, pois no início da vida do projeto não haviam moedas em circulação.

Se esta decisão foi a melhor, ou como se chegou a estes números, realmente não importa. O fato é que foi finalmente criado um sistema monetário previsível e impossível de ser burlado.

Como funciona o halving?

Uma recompensa de novos Bitcoins é dada ao minerador que encontra a solução para interligar o novo bloco de informações com a sequência de dados existente, o blockchain.

O halving é a redução de 50% nessa premiação, programada para ocorrer a cada 210.000 blocos, próximo de 4 anos de intervalo. No início da vida do Bitcoin, entre 2009 e 2012, eram gerados 50 Bitcoins por cada bloco encontrado, resultando em 7.200 novas moedas por dia.

como-o-halving-funciona

No último halving, em 11 de maio de 2020, a emissão foi reduzida para 6,25 moedas por novo bloco encontrado, equivalente a 900 Bitcoins por dia.

Para que serve o halving?

Seguindo essa regra, é possível prever que a quantidade total em circulação de Bitcoins em qualquer data. Se não existisse esse corte na produção, o incentivo para as pessoas guardarem moedas seria menor.

  • O halving ocorre de forma automática e programada.
  • As moedas que já estavam em circulação não são afetadas.
  • Nenhum usuário precisa fazer nada no processo, nem corre risco de perdas.
  • Não há nenhuma mudança na negociação do Bitcoin no dia do evento.

O halving causou alta do preço em 2020?

De fato, um corte na taxa de emissão de moedas não possui relação direta, ao menos imediata, na cotação negociada entre os compradores e vendedores nas exchanges, as corretoras de ativos digitais.

Abaixo temos o gráfico do Bitcoin em Reais (R$) no Mercado Bitcoin.

grafico-do-bitcoin

Repare que a cotação passou por um período de alta nos dois meses anteriores ao evento, e então lateralizou por outros dois meses. O impacto do corte na produção criado pelo halving é de longo prazo, e faz com que a demanda tenha uma força maior frente à pressão vendedora.

Quando será o próximo halving?

Segundo estimativas do bitcoinblockhalf.com, a data aproximada é 9 de maio de 2024. Ao atingir o bloco de número 840.000, a rede Bitcoin irá reduzir a emissão de novas moedas para 3,25 por bloco encontrado.

  • Na prática, nada muda para os usuários.
  • O software utilizado foi programado para esses eventos.
  • Não há nada que determinada entidade ou grupo possa fazer para mudar isso.

Se o ciclo de alta irá se repetir no próximo halving? Isso irá depender do equilíbrio entre a oferta e demanda nas exchanges.

Bitcoin possui inflação?

Inflação é o resultado do aumento da oferta de dinheiro em circulação, portanto, podemos utilizar uma analogia para calcular o número equivalente do Bitcoin.

Na atual taxa de 6,25 Bitcoins por bloco, são geradas 328.500 moedas por ano. Ao compararmos com o total de 18,83 milhões em circulação, encontramos a inflação equivalente de 1,74%.

O ouro, por exemplo, possui cerca de 200.000 toneladas em circulação, enquanto cerca de 3.000 toneladas são extraídas por ano. Portanto, sua inflação equivalente é de 1,5%, embora não seja possível verificar estes dados, ao contrário do blockchain do Bitcoin.

O halving prejudica os mineradores?

Este excelente vídeo (são só 2 minutinhos), explica como o halving impacta a mineração de Bitcoin.

Sem dúvida, esse pessoal que investiu em máquinas e energia elétrica para encontrar a solução de cada novo bloco é diretamente afetado pela mudança.

Entretanto, a redução na taxa de emissão de Bitcoins ameniza a pressão vendedora, visto que menos moedas entram em circulação. Portanto, existe um equilíbrio do impacto no médio e longo prazo para os mineradores.

O que acontece se os mineradores ficarem no prejuízo?

O Bitcoin é seguro justamente por contar com milhares de máquinas ao redor do mundo validando as transações. Para evitar que a rede fique mais lenta por conta de um número mais reduzido de mineradores, existe um sistema automático de ajuste.

Lembra dos 10 minutos de intervalo entre cada bloco? Pois é, quando cai o número de máquinas trabalhando na rede, este intervalo tende a aumentar.

Como é feito o ajuste de dificuldade da mineração?

  • O mecanismo facilita encontrar a solução que interliga os novos blocos.
  • Essa mudança ocorre de forma automática a cada 2016 blocos encontrados, cerca de 14 dias.
  • Novamente, não há impacto para detentores de moedas ou na negociação ocorrida nas exchanges.

Em suma, o halving pode até causar uma queda no preço devido ao receio dessa queda no poder de processamento da rede, mas nada que coloque o sistema em risco.

Historicamente, o ano após o halving tem ocorrido um movimento de alta acelerada, porém não há como garantir que a tendência será mantida nos próximos ciclos.

Fique ligado

Ainda não tem conta?

Participe agora da nova economia digital!

Criar conta

Fique por dentro das novidades

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo assim que sair.