Educação

O que é candlestick e por que você deve conhecer esse conceito?

26/07/2021

5 minutos de leitura

O que é candlestick e por que você deve conhecer esse conceito?

O estudo e tomada de decisões por meio dos padrões de Candlestick, ou formação dos candles (velas), é o mais popular entre analistas gráficos.

De forma resumida, é um instrumento de análise gráfica, um método para avaliar a variação do preço do ativo, detectando assim tendências, fundos e topos.

O Candlestick é útil para mercados de renda variável, incluindo ações, moedas, índice futuro, e até mesmo criptomoedas. A ferramenta serve tanto para os traders que utilizam estratégias de curto-prazo, como “day trade” - compras e vendas ao longo do dia - quanto para períodos mais longos.

Quer entender como o candlestick funciona? O Mercado Bitcoin explica o passo-a-passo!

O que é o candle, ou candlestick?

O candlestick, ou vela, consiste na representação gráfica do preço de um ativo ao longo de determinado período, que pode ser de um ano, um dia, uma hora ou até um minuto.

O termo, que em inglês significa candelabro, se deve a sua expressão gráfica, que eventualmente produz este formato.

A ferramenta ajuda o trader a traçar pontos de compra e venda de um ativo através de seu histórico. A análise tenta identificar as figuras nos candles (velas), que definem tendências de alta, de baixa ou até mesmo indicadores de reversão de um ativo.

Tais figuras gráficas são úteis para tentar antecipar movimentos que costumam se repetir. Além disso, servem como sinalizadores de suportes (limite de baixa) e resistências (limite de alta).

Quais as principais características?

No padrão mais simples, um candle (vela) é uma forma retangular, verticalizada e padronizada. O candlestick, portanto, possui três principais características: período, formato e cor.

Ficou confuso? Confira o vídeo abaixo onde Lucas Pinsdorf explica como ler gráficos de preços de modo simples e didático:

Geralmente, quanto maior a quantidade de candlesticks, mais confiável é o padrão.

Período: cada candle (vela) representa o que ocorreu com o preço durante determinado tempo. Esse intervalo é você quem determina: pode ser 1 minuto, 1 semana, ou 1 ano, e a escolha depende da sua estratégia e período de análise.

Formato: padronizado, exibe o preço mínimo e máximo que o ativo atingiu durante o período em questão. Independente do ativo escolhido, contém sempre as mesmas quatro informações referentes ao período específico período:

  • Abertura: preço do primeiro negócio;
  • Fechamento: preço do último negócio;
  • Mínima: menor preço negociado;
  • Máxima: maior preço negociado.

Cor: determina se a movimentação no preço do ativo foi de alta ou de baixa no período. Quando o preço de fechamento for menor que o preço de abertura, tivemos uma queda, portanto o candle (vela) será de cor vermelha ou preta. Na ponta oposta, um candlestick de alta é de cor branca ou verde.

Por que usar a análise dos gráficos do candle e quais os benefícios?

As mudanças nas cotações podem ser interpretadas através da disposição dos candles, que formam certos padrões comuns de candlesticks.

Desse modo, esta habilidade é fundamental para quem deseja utilizar a análise gráfica, que ajuda a identificar os bons momentos de compra ou venda.

Portanto, um dos principais objetivos do candlestick é tentar antecipar as tendências das cotações, identificando os padrões para auxiliar nas decisões.

Escolher uma exchange com liquidez, ou seja, bom volume de negociação, é fundamental para poder fazer a análise gráfica. Por contar com um maior número de clientes, o Mercado Bitcoin é seu parceiro ideal para o trade de criptomoedas.

Seis principais padrões de candlesticks

Candle de força: pode ser classificado em força de alta ou de baixa.No caso da alta, o preço de fechamento é próximo da máxima do período, por isso corpo o candle é “gordo”. Usualmente indica a presença de força de compradores no período. O inverso, em vermelho, sinaliza que o fechamento foi próximo da mínima, um indicador de fraqueza.

candle1

Candle de indecisão: conhecido como Doji, indica a indecisão do mercado. Observando a figura, praticamente não existe o corpo do candlestick, embora as máximas e mínimas dentro do período continuem existindo.

candle2

Candle martelo, ou hammer: encontrado geralmente em fundos de tendências de baixa prolongadas. Sua presença pode configurar um cenário de reversão para a alta. Costuma indicar fundos, ou seja, quando as cotações estão nas mínimas.

candle3

Candle homem pendurado, ou Hanging Man: é igual ao candlestick martelo, porém seu contexto o diferencia, já que ocorre após uma sequência de alta. Usualmente indica o início de uma tendência de baixa.

candle4

Candle engolfo: mais um padrão de reversão, podendo ser de baixa ou de alta. Seu padrão gráfico é formado por dois candles de cores diferentes, porém sempre o primeiro menor e o segundo, maior.

candle5

Candle martelo invertido: mesmo desenho do candlestick martelo comum, porém, de forma invertida. Indica reversão da tendência de baixa, portanto, indica que as cotações vão subir em breve.

candle6

Análise de candlestick gera bons resultados?

Ao longo do tempo, os preços dos ativos variam muito, influenciados por uma série de fatores. Isso inclui o cenário econômico, bem como a situação internacional e noticiário.

É importante entender os benefícios e limitações das estratégias baseadas exclusivamente no movimento do preço. Para utilizar essa técnica com maior assertividade é preciso muita experiência.

Além disso, tendências gráficas nunca garantem 100% de assertividade do que irá acontecer. Por último, lembre-se de escolher uma exchange com boa liquidez, mesmo em períodos de volatilidade para analisar o candlestick, o gráfico de velas.

A tendência de mercado influi na análise?

Sem dúvida, deve-se estar atento ao contexto, se o mercado é de alta, queda, ou lateralização. Muitos analistas não recomendam a análise técnica, principalmente para iniciantes ou quem tem pouco tempo para se dedicar. Uma alternativa mais viável é a estratégia ”Buy and Hold”, também conhecida como HODL, comprar e manter um ativo.

Lembre-se de buscar uma estratégia que se adapte à sua filosofia e disponibilidade de tempo. O melhor é estudar bastante antes de iniciar o trade utilizando somente análises gráficas, começando pequeno.

Curtiu este conteúdo sobre candlesticks? Acompanhe o Mercado Bitcoin no Instagram e Facebook para receber mais dicas e novidades.

Fique ligado

Ainda não tem conta?

Participe agora da nova economia digital!

Criar conta

Fique por dentro das novidades

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo assim que sair.