Investimento em criptoativos

O que é DAO? Conheça as organizações virtuais autônomas

24/05/2022

10 minutos de leitura

O que é DAO? Conheça as organizações virtuais autônomas

Sociedades virtuais, sem um coordenador central. Já imaginou as possibilidades dessa organização sem barreiras? Entenda o que é DAO, e acompanhe como essa inovação está sendo colocada em prática com a tecnologia das criptomoedas.

Essa organização virtual é importante para evitar censura, além de evitar os pontos de falha causados pelo controle nas mãos de uma única pessoa. Isso elimina processos burocráticos e traz transparência para o sistema.

Entenda de uma vez o que é DAO, e tire suas dúvidas com o Mercado Bitcoin, corretora de ativos digitais líder da América Latina, com mais de 3 milhões de clientes.

Como funciona um sistema autônomo?

Pense no sistema de semáforos de uma cidade. Alguns equipamentos possuem sensores, outros trabalham com timers, porém tudo funciona seguindo regras pré-determinadas, de forma autônoma.

  • Sistemas autônomos funcionam sem necessidade de intermediários, portanto, executados de forma automática.
  • As tarefas são determinadas por código computacional, acionadas quando as condições estipuladas são alcançadas. 
  • Atuam como “organismos” vivos e independentes, pois o código computacional é executado independente da validação de uma pessoa.

Confuso? Calma, vamos explicar o que é DAO, e como funcionam os sistemas autônomos, na prática.

O que é DAO, uma organização virtual autônoma?

Organização Autônoma Descentralizada (DAO) é uma sociedade virtual sem uma liderança central. Sua principal característica é funcionar sem a necessidade de confiança em uma autoridade central.

Abaixo temos as características de uma DAO:

  • É uma entidade liderada pela comunidade, sem a figura de um controlador ou “dono”.
  • As tarefas são registradas em um software, portanto, executadas de forma autônoma.
  • O uso da criptografia, os dados codificados com senhas, garantem o sigilo de dados pessoais e segurança do sistema.
  • As decisões e regras são votadas pelos membros de cada DAO.

A tecnologia das criptomoedas é fundamental para compreender o que é DAO, pois esta garante seu funcionamento distribuído e autônomo.

Como a tecnologia das criptomoedas é utilizada?

As DAOs utilizam o blockchain, o banco de dados público das criptomoedas. É desse modo que atuam de maneira descentralizada e autônoma:

  • A tecnologia blockchain armazena e mantém a base de dados das DAOs de maneira imutável e inviolável.
  • Os contratos digitais programáveis (smart contracts) asseguram interações de forma autônoma.
  • Quando as regras previamente estipuladas são atingidas, os smarts contracts se executam automaticamente.
  • Os votos dos participantes de uma DAO é computado através de critptoativos (tokens).

Confira no vídeo abaixo o que são contratos programáveis, os smart contracts:

Como percebeu, para entender o que é DAO, e como funciona essa tecnologia, é preciso estudar os mecanismos básicos do blockchain, esse banco de dados público e compartilhado.

Quais os tipos DAOs existentes?

Nada disso é apenas teoria, e existem DAOs em funcionamento em diferentes categorias. Abaixo, listamos as mais comuns: 

  • Social: focadas na colaboração para redes sociais; oferecem democracia digital sem possibilidade de censura.
  • Grant: possibilita arrecadar dinheiro para fins coletivos; valores podem ser emprestados entre usuários e até mesmo aplicado em outras aplicações descentralizadas.
  • Collector:permite que artistas criem ativos digitais únicos (NFTs) e estabeleçam propriedade sobre sua arte.
  • Service: usadas por um indivíduo ou grupo de pessoas para criar outras DAOs, embora pouco comuns.

Cabe ressaltar que nem toda organização virtual autônoma (DAO) possui um criptoativo (token) próprio. No entanto, existem vantagens nesse modelo, estimulando o desenvolvimento do ecossistema.

Vamos explicar o que é DAO, na prática, com alguns exemplos.

Maker DAO: Conheça essa aplicação de finanças

É uma DAO onde qualquer usuário pode pegar empréstimos em dólar ao depositar determinadas criptomoedas na plataforma:

  • Criada em 2017, usa o banco de dados e rede da criptomoeda Ethereum.
  • O usuário pega empréstimos na stablecoin pareada em dólar (DAI), e deposita uma garantia em Ethereum (ETH) ou demais criptomoedas.
  • O mecanismo que estabiliza essa cesta de garantias (pool) é automatizado, incluindo um sistema de leilões quando há desbalanceamento.
  • Para votar nas decisões de taxas, quais as criptomoedas aceitas, e participar dos leilões de liquidação, é preciso ser detentor do criptoativo Maker (MKR).

Ou seja, os “acionistas” dessa organização virtual são os detentores do Maker. A diferença para uma empresa tradicional é a ausência de uma estrutura hierárquica ou diferenciação entre os acionistas.

MolochDAO: Distribuição de fundos para desenvolvedores

O objetivo do MolochDAO é arrecadar fundos de forma descentralizada para ajudar o desenvolvimento do ecossistema Ethereum:

  • Financia projetos em desenvolvimento ao distribuir valores para os desenvolvedores.
  • Os saldos arrecadados também podem ser usados para melhorar DAOs já existentes.
  • MolochDAO é um sistema filantrópico, sem um coordenador central.

Cabe aos membros dessa DAO determinar quais projetos vão receber os fundos. Por esse motivo, para saber o que é DAO é preciso estudar esse mecanismo de votos.

Como é feita a votação numa DAO, organização virtual autônoma?

O mecanismo específico de voto depende das regras estipuladas por cada DAO. No entanto, acontecem de modo autônomo e protegido por senhas criptografadas, preservando a identidade dos seus usuários.

Usualmente o peso de um voto se dá pela quantidade de criptoativos (tokens) que um membro possui. Abaixo, temos uma figura que exemplifica o processo:

mecanismo-votação-dao

Embora qualquer participante possa sugerir mudanças e melhorias na DAO, é a própria comunidade que define as regras, incluindo:

  • Quantidade mínima de tokens para participar na votação.
  • Quórum mínimo de participantes.
  • Prazo para votação e implementação das novas normas.

Como a DAO é utilizada nos jogos e metaverso?

As DAOs são utilizadas para que os detentores desses criptoativos (tokens) participem de suas normas e diretrizes. Nesse caso, as plataformas costumam ter dois criptoativos distintos, cada um com uma função específica.

Como exemplo de cripto games que usam DAO, temos Yield Guild Games (YGG). Nessa organização autônoma descentralizada, as decisões são totalmente controladas pela comunidade.

  • Lançado em 29 de julho de 2021, YGG é um criptoativo (token) da rede Ethereum.
  • A principal receita da DAO vem dos ativos NFT de propriedade da Yield Guild Games.
  • Jogadores interessados em utilizar estes NFTs pagam pelo serviço, que remunera o ecossistema.
  • Detentores do token YGG são membros da Yield Guild, e recebem o direito de fazer parte de sua governança e representação.

Uma organização virtual autônoma pode ser usada em inúmeros casos, e agora você sabe o que é DAO. Venha para o Mercado Bitcoin e aproveite para comprar criptomoedas em nossa plataforma.

Fique ligado

Ainda não tem conta?

Participe agora da nova economia digital!

Criar conta

Fique por dentro das novidades

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo assim que sair.