Educação

DeFi: O que é e Como Auxilia Criptomoedas e Tokenização?

Criado em 01/11/2021 - Atualizado em 01/11/2021

10 minutos de leitura

DeFi: O que é e Como Auxilia Criptomoedas e Tokenização?

Apesar do burburinho responsável por fortes variações em seus tokens, as Finanças Descentralizadas (DeFi) seguem ganhando mercado. São aplicativos que simulam os bancos e corretoras tradicionais, porém utilizando exclusivamente criptoativos, de forma autônoma e sem um coordenador central.

Essa revolução no mercado financeiro veio para ficar, e até mesmo bancos e gestores de recursos começaram a utilizar este novo sistema. A prova disso é que o valor aportado no DeFi já ultrapassa os 100 bilhões de dólares.

defi-marketp-cap

DeFi: O que é?

DeFi é a abreviação de Decentralized Finance, ou em português, Finanças Descentralizadas. Enquanto o Bitcoin foi criado para permitir a livre transferência e custódia (guarda) de ativos digitais, o DeFi pretende fazer isso com os serviços financeiros.

Suas principais características são:

  • Sistema aberto, interconectado e sem possibilidade de bloqueios.
  • Busca construir um ecossistema de serviços financeiros sem autoridade central.
  • Estas aplicações são armazenadas dentro de um banco de dados compartilhados (blockchain).
  • A principal rede descentralizada do DeFi é a Ethereum (ETH).
  • Grande parte dos projetos são de código-fonte aberto (open source).

A tecnologia DeFi funciona através dos contratos inteligentes (smart contracts), contratos digitais programáveis que permitem executar de forma automática um código previamente definido.

DeFi e criptomoedas, qual a relação?

Para registrar operações no blockchain, o banco de dados armazenado de forma pública e sem um controle central, o usuário do DeFi precisa pagar uma taxa aos mineradores da rede. Ethereum (ETH) domina com mais de 70% do volume negociado, porém existem competidores.

O sucesso do DeFi tem sido tão grande que gerou congestionamento na rede Ethereum, conhecido como problema de escalabilidade. Para solucionar isso, a atualização Ethereum 2.0 está em implementação, visando aumentar significativamente o número de transações na rede.

O que são os protocolos DeFi?

Os protocolos DeFi funcionam através de aplicativos descentralizados (dApps), programas executados de forma descentralizada, sem depender de uma autoridade central.

  • Qualquer smart contract que envolve valores financeiros, mesmo um contrato simples de conta-garantia, é uma aplicação de finanças descentralizadas (DeFi).
  • Existem diversas categorias de aplicações descentralizadas: apostas virtuais, marketplaces (negociação), jogos, redes sociais, além das finanças (DeFi).
  • Dentre as aplicações mais comuns do DeFi estão os empréstimos utilizando criptoativos como garantia.

Através do site DeFi Pulse, podemos ver os protocolos mais usados ordenados pelo valor financeiro depositado nesses smart contracts.

No vídeo abaixo, a equipe da @usecripto mostra na prática como fazer empréstimos utilizando o DeFi.

O que é DEX, exchange descentralizada?

Exchange significa corretora, e DEX é a versão descentralizada, utilizando os smart contracts. Uma DEX permite que usuários realizem trocas entre diferentes criptoativos sem um intermediário.

Seus princípios são semelhantes aos de uma corretora centralizada, porém, sem a necessidade de confiança em uma empresa.

Características e diferenças:

  • As ordens de compra e venda são executadas de forma automática pelos contratos programáveis (smart contracts).
  • Não existe o livro de ofertas (order book), onde os usuários colocam suas intenções de compra e venda em cada preço.
  • No DeFi não há procedimentos KYC (Know Your Customer), a validação de cadastro para analisar o risco dos clientes.
  • Não é possível implementar políticas de prevenção à lavagem de dinheiro (AML).
  • A movimentação é exclusivamente em criptoativos, sem entrada ou saída de moeda fiduciária, os Reais, Euros e Dólares.
  • DeFi não depende de um servidor central, portanto é quase impossível derrubá-las.

De acordo com dados da Messari, o volume negociado nas DEXs cresceu 83% no segundo trimestre de 2021 em relação ao período anterior.

volume-de-negociacao-das-dexs

O que é Uniswap e o token UNI?

A DEX líder de mercado é a Uniswap (UNI), que tem um papel importante na popularização das finanças descentralizadas (DeFi). Dentre seus destaques:

  • Foi uma das primeiras DEX, e atualmente possui 2.000 moedas listadas.
  • Apresenta alto volume de negociação em mais de 100 criptoativos.
  • Em constante evolução, sua versão atual possibilita que depositantes (liquidity providers) definam em que faixas de preço desejam participar nas trocas.

Confira no vídeo abaixo mais detalhes do funcionamento das corretoras descentralizadas, ou DEX.

O que é yield e APY?

No mundo do DeFi, seus investimentos podem gerar uma renda passiva, como as aplicações de Renda Fixa, dentre elas o CDB.

Os rendimentos (yields) estimados são calculados em base anualizada, conhecido como APR, ou retorno APY.

  • APR: refere-se a retornos com base em cálculos de juros simples.
  • APY: consideram-se os juros compostos, ou seja, reinvestindo os lucros.

O que é pool de liquidez?

  • O pool (cooperativa) de liquidez são “reservas” para que a aplicação DeFi consiga trocar diferentes criptoativos entre si.
  • Através dessa tecnologia, não há necessidade de um garantidor ou grande investidor para ofertar essas taxas de troca.
  • Os usuários interessados em participar do sistema depositam suas moedas nas cooperativas e, em troca, recebem uma remuneração (yield).

pool-de-liquedez-defi

Acima temos um esquema de diferentes cooperativas de liquidez interagindo através da Balancer, uma aplicação financeira descentralizada (DeFi).

Como o DeFi auxilia na descentralização?

Por conta da ausência de um controlador central no blockchain, nenhuma entidade consegue censurar ou reverter transações.

Há três características marcantes do DeFi que auxiliam na descentralização:

  • Transparência: qualquer pessoa pode inspecionar as regras dos smart contracts que movimentam os criptoativos.
  • Controle: o usuário permanece com a custódia (posse) de seus ativos até o momento de entregá-lo ao smart contract responsável pela execução.
  • Acessibilidade: basta conhecimento técnico para qualquer um criar e implantar novos protocolos de DeFi.

DeFi e a Descentralização do Sistema Financeiro

Nos protocolos do DeFi, suas moedas não ficam na mão de terceiros, portanto, só você pode autorizar as transações.

Além disso, o DeFi é um sistema financeiro mais inclusivo e acessível, pois não existem bancos e intermediadores impondo restrições aos usuários.

Algumas funcionalidades que essa descentralização financeira possibilita são:

  • Pegar empréstimos de criptoativos.
  • Fazer investimentos para gerar renda passiva.
  • Serviços de garantia financeira, como hipotecas e seguros.
  • Trocas de ativos digitais de forma descentralizada.
  • Moedas pareadas em dólar, as stablecoins, sem necessidade de intermediário.

Quais as diferenças entre investir em Bitcoin e em DeFi?

Os projetos de DeFi dependem da blockchain de alguma criptomoeda para existir, enquanto o Bitcoin possui sua própria rede.

  • No DeFi, os projetos ainda precisam se provar resilientes, enquanto o Bitcoin possui 12 anos sem histórico de falhas nos registros.
  • Os criptoativos (tokens) de DeFi tendem a cair mais que o Bitcoin em momentos de correção no mercado, justamente por apresentarem mais incertezas.
  • DeFi apresenta o risco de ataques, por conta de vulnerabilidade nos contratos programáveis (smart contracts), nos oráculos, ou lentidão nas confirmações.
  • As plataformas DeFi são um excelente uso do blockchain em finanças, porém não competem com a escassez e previsibilidade do Bitcoin.

Ao investir em DeFi, os usuários passam a fazer parte do ecossistema, portanto exposto aos riscos do mesmo.

Como investir em DeFi?

Da mesma forma que você consegue comprar Bitcoin no Mercado Bitcoin, oferecemos diversos tokens de DeFi em nossa plataforma, incluindo AAVE, Compound (COMP), SushiSwap (SUSHI), Yearn.Finance, e muitos outros.

Veja abaixo como é simples investir em DeFi no Mercado Bitcoin:

Ainda não possui conta no Mercado Bitcoin? Abra já a sua e embarque na disrupção trazida pelo DeFi.

Fique ligado

Ainda não tem conta?

Participe agora da nova economia digital!

Criar conta

Fique por dentro das novidades

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo assim que sair.