O que é liquidez de investimentos?

Vamos imaginar uma situação extrema, a mansão de Lily Safra, viúva do banqueiro Edmond Safra, na Riviera Francesa. A propriedade de 80 mil metros quadrados é avaliada em cerca de 500 milhões de Euros, equivalente a R$ 2,9 bilhões. Embora possua um valor indiscutível por conta de sua localização privilegiada, vender uma propriedade destas não é tarefa tão simples.

Mansão de Lily Safra
Villa Leopolda, propriedade de Lily Safra - Fonte: El Mundo

Agora entendemos na prática o que é liquidez: a facilidade em se desfazer de um ativo, sem perda de valor. Obras de arte e imóveis de grande valor são extremamente ilíquidos, ou seja, levam muito tempo para encontrar um comprador. Na contramão temos, por exemplo, ações da empresa Amazon ou barris de petróleo. Ambos são ativos extremamente líquidos, negociados o tempo todo, no mundo inteiro.

A moeda fiduciária, por exemplo, Real (R$) ou Dólar (USD), são considerados os instrumentos mais líquidos em existência, uma vez que sua aceitação é obrigatória por uso da lei em seus respectivos países. Agora só nos resta entender como se calcula tal índice e qual o impacto disto no dia-a-dia de um investidor de criptomoedas.

Relação entre liquidez e rentabilidade

Alta liquidez não é sinal de rentabilidade positiva. O barril petróleo, por exemplo, apesar de ter um enorme volume de negociação diário, desvalorizou-se 26% em 2020, medido em Reais R$.

O petróleo perde mesmo quando comparamos à ativos menos líquidos, por exemplo, imóveis residenciais em São Paulo, que acumularam alta de 2,26% frente ao ano anterior, de acordo com o Índice FIPE Zap.

Os tokens de precatório oferecidos em nossa plataforma MB Digital Assets certamente possuem uma liquidez menor do que a poupança, no entanto, seu retorno esperado chega a ser 40% superior.

A definição de risco do investimento deve ser medida através da volatilidade, um conceito que não possui necessariamente correlação com liquidez. Ativos com grande oscilação diária nas cotações apresentam maior volatilidade, portanto podem ser interpretados como mais arriscados.

O impacto da carência na liquidez

No mercado financeiro tradicional, o empréstimo de pessoas físicas e jurídicas para bancos é denominado CDB - Certificado de Depósito Bancário. Estes títulos, juntamente com outras aplicações de renda fixa intermediadas por estas instituições, como o LCI - Letra de Crédito Imobiliário e as Debêntures, possuem diferentes prazos de carência, ou seja, liquidez.

Embora na teoria sejam diferentes, já que nada impede alguém de vender um título que continua “preso” no banco, na prática, para este investidor, a carência equivale à liquidez. O valor em questão permanecerá sem direito à convertibilidade por Reais, logo, segue sem apresentar liquidez até seu vencimento.

Um exemplo mais claro, e prático, é no caso de uma partilha de bens de inventário. A troca do titular desta aplicação não torna o valor imediatamente resgatável, portanto, o investimento segue ilíquido.

Equilíbrio entre liquidez e rentabilidade

Mesmo que um investidor tenha selecionado os ativos com maior rentabilidade e dentro do grau de risco adequado para cada exposição, o retorno da carteira poderá ser severamente impactado caso necessite de liquidez antes do previsto.

No caso extremo, um investidor que alocou 50% do capital em imóveis de alto padrão e o restante em títulos de investimento, CDBs com carência de 6 meses, provavelmente irá sofrer grandes perdas caso opte por se desfazer imediatamente dos mesmos.

Este casamento entre necessidade de capital de curto-prazo e disponibilidade de investimentos é denominado Índice de Cobertura. Por este motivo é importante manter sempre um percentual em caixa ou investimentos com liquidez em até um dia útil.

Tal montante irá variar de acordo com a necessidade de dispêndios usuais mensais de cada investidor. Deve-se considerar qualquer despesa recorrente.

Liquidez no mercado de capitais

Quando falamos em investimentos, a medida padrão é o número de dias necessários para realizar um resgate sem perdas no rendimento. Alguns fundos de investimento, além da carência, apresentam um prazo em dias úteis para resgate. O próprio mercado de ações trabalha usualmente com dois dias úteis para liquidação, ou seja, o acerto financeiro.

O Tesouro Direto, por exemplo, apesar de ser extremamente líquido, depende dos leilões semanais para que possam ser realizadas operações de compra e venda dos Títulos. É comum o Tesouro optar por adiar tais leilões em situações de forte oscilação diária das taxas. Nesta situação o investidor corre o risco de ficar ilíquido por este período.

A liquidez das criptomoedas

Seria incorreto afirmar que as criptomoedas possuem liquidez imediata, já que é possível vendê-las por valores fiduciários ou stablecoins a qualquer momento.

Talvez isso seja verdade quando falamos do Bitcoin, Ethereum, Ripple, BCash e Litecoin, as cinco que apresentam maior volume diário de negociação. No entanto, um investidor de um ICO, a oferta pública inicial de criptomoeda, pode ficar meses ou anos sem conseguir vendê-la. 70% dos ICOs não chegam a ser listados em exchanges relevantes, de acordo com pesquisa da ICOrating.

Mesmo para os 30% dos ICOs que conseguem listagem, sua liquidez verdadeira é insignificante. Ao contrário dos mercados de ações ao redor do mundo, no mercado de criptoativos cada exchange atua como uma bolsa de valores independente. Um relatório da BitWise em 2019 mostrava que 95% do volume de criptomoedas reportado era falso.

Volume transparente em criptoativos

Neste ano de 2020 nós do Mercado Bitcoin ficamos muito contentes pelo reconhecimento do Blockchain Transparency Institute (BTI) como uma das 25 exchanges mais confiáveis do mundo. O estudo considerou a governança, além da transparência e relevância do volume, que foi devidamente auditada pelo instituto.

Diversas ferramentas, dentre as quais destacamos Cryptowat.ch e Nomics, passaram a divulgar dados de “volume transparente”, excluindo assim dados de exchanges que falharam em seus processos de auditoria.

Volume mensal da Nomics
Dados de volume transparente mensais da Nomics (USD)

Repare que ao fazer os ajustes pelo volume transparente, destacam-se justamente às 5 criptomoedas líderes em capitalização de mercado, além das stablecoins. Em contrapartida, é possível encontrar moedas que se encontram dentre as 100 maiores com volume real inferior a 200 mil Dólares diários.

Por este motivo o Mercado Bitcoin é criterioso na seleção de ativos disponibilizados para negociação entre clientes. Além das questões técnicas e de segurança, realizamos um processo de due dilligence minucioso que também considera a liquidez, de forma a oferecer um serviço de alto nível para nossos usuários. Acompanhe neste outro artigo todas as medidas de segurança adotadaspelo Mercado Bitcoin, a maior e mais confiável plataforma de criptoativos da América Latina.

E aí? Quer continuar aprofundando seus conhecimentos de forma a vencer no mercado de criptoativos? Então inscreva-se em nossa newsletter para continuar recebendo em seu e-mail as novidades e dicas de investimento de nossos especialistas.

Post anteriorPróximo post