Educação

O que é OTC e qual o impacto dessa negociação no mercado?

18/02/2021

6 minutos de leitura

O que é OTC e qual o impacto dessa negociação no mercado?

OTC, que em inglês significa Over The Counter’, é conhecido como ‘Mercado de Balcão’ em finanças. Ao contrário dos ativos negociados em mercados organizados em bolsas de valores, este arranjo usualmente é feito de forma direta entre comprador e vendedor.

Em resumo, ao invés de recorrer ao tradicional livro de ofertas, ocorre uma negociação paralela, que pode sair acima ou abaixo dos demais mercados. Isso porque ao precificar uma quantidade maior, outras dinâmicas entram em questão.

De qualquer modo, é importante entender que no caso das criptomoedas não há necessidade de um registro da operação na corretora. Ao contrário do mercado de ações, fundos e títulos de dívida, não há uma entidade responsável por intermediar esta transação.

Afinal, qual a vantagem da negociação no Mercado de Balcão (OTC)? Por que eventualmente ocorrem diferenças na cotação? Para responder estas e outras dúvidas, o Mercado Bitcoin, exchange líder em número de clientes e volume no Brasil, preparou este guia prático e didático cobrindo tudo sobre este mercado.

O que é o Mercado de Balcão, ou OTC?

No universo das finanças, mercado de balcão se refere a negociação fora do ambiente de pregão, de bolsa de valores. Vamos supor que o governo queira vender 10% de sua participação nas ações da Eletrobras, por exemplo. Isso provavelmente não seria possível através dos meios “normais”, incluindo a negociação eletrônica nas corretoras.

Deste modo, ao coordenar uma negociação de forma isolada, esta fatia relevante da empresa pode trocar de mãos sem necessidade de passar pelo tradicional livro de ofertas. Neste caso, o registro de troca de titularidade ocorre diretamente no ambiente da bolsa de valores, ou do administrador destas ações.

Acompanhe aqui as diferenças entre investir na bolsa e em criptomoedas.

Qual a vantagem do mercado de balcão?

Primeiramente, a possibilidade de negociar grandes quantidades sem a intervenção de pequenas ordens de compra e venda. Nesse sentido, é possível que um dos participantes não queira expor publicamente sua intenção, evitando assim que a informação torne-se pública antes do necessário.

Em contrapartida, as regras no mercado “normal” são mais rígidas em relação à forma de envio dos recursos, prazo para recebimento dos ativos, e afins. Em resumo, há mais flexibilidade para os interessados, além de não precisar seguir a cotação do mercado eletrônico.

As negociações via OTC evitam o efeito chamado de Slipage que é quando o preço médio de compra ou venda é afetado pelo tamanho de ordem.

Se o cliente comprar ou vender uma grande quantidade diretamente no livro de ofertas, a cotação média será afetada e os participantes do mercado irão perceber uma queda ou alta indevida.

A operação de OTC garante a execução correta do trade de grande ordem sem precisar quebrar em pequenas ordens e sem afetar o preço médio para o comprador ou o vendedor.

Como ocorre o OTC em criptomoedas?

Considerando a natureza descentralizada do Bitcoin e das criptomoedas, é possível realizar negociações livremente entre duas partes. Ou seja, através do mercado conhecido como ponto-a-ponto (p2p), as pessoas podem transferir moedas entre si sem a necessidade de um controlador central.

A figura das exchanges, de forma análoga às corretoras de valores, surgiu para dar segurança para comprador e vendedor. Isso ocorre através de um mercado organizado, que agrega liquidez, além do serviço de custódia e intermediação financeira. Acompanhe aqui a definição de liquidez de investimentos, e como isso impacta sua carteira.

Deste modo, o Mercado de Balcão (OTC) de criptomoedas pode ser intermediado por qualquer entidade, embora as exchanges usualmente contem com mais interessados. Ou seja, aumentam as chances de encontrar um comprador e vendedor de tamanho parecido para executar uma ordem grande.

Qual o impacto do OTC no mercado?

O efeito final da negociação no Mercado de Balcão é exatamente igual ao método usual, e como todo negócio precisa de um comprador e um vendedor, o impacto é sempre zero. Não é possível alguém vender 1.000 Bitcoins e do outro lado o total dos compradores somar somente 200 ou 400.

Em suma, mesmo que algum dos lados possua uma quantidade maior, este irá permanecer com um saldo após a negociação. Se em seguida o comprador pagar um valor acima, esta decisão não faz parte da negociação anterior.

É muito comum ler em jornais e sites especializados manchetes “grande vendedor derruba ações”, porém estas notícias falham em lembrar que havia um igual volume de compra nestes trades. Tudo é uma questão de preço que cada um está disposto a comprar ou vender.

Como utilizar o OTC em criptomoedas?

Usualmente são consideradas OTC transações acima de R$ 300.000. Neste caso, o usuário que deseja comprar ou vender essa quantidade, se assim quiser, pode entrar em contato com nossa equipe dedicada para operações no Mercado de Balcão.

Além dos ativos listados em nossa plataforma, a equipe do Mercado Bitcoin tem acesso a diversas outras criptomoedas e ativos digitais. Tudo isso com a credibilidade da única exchange do país no ranking das 25 mais transparentes e seguras do mundo, de acordo com o BTI.

Se você busca o melhor preço e liquidez para lotes maiores e deseja um atendimento personalizado por uma equipe experiente e capacitada, o OTC do Mercado Bitcoin (veja aqui como entrar em contato) é o parceiro que você procura. Venha negociar com o líder em volume e número de clientes na América Latina!

Ficou mais tranquilo agora que entendeu como o Mercado de Balcão (OTC) funciona em criptomoedas? Aproveite para seguir nosso Instagram, e fique por dentro das novidades em finanças digitais e investimentos.

Fique ligado

Ainda não tem conta?

Participe agora da nova economia digital!

Criar conta

Fique por dentro das novidades

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo assim que sair.