Educação

Previsão do Bitcoin para os Próximos 4 anos: 2022 a 2026

Criado em 02/12/2021 - Atualizado em 02/12/2021

10 minutos de leitura

Previsão do Bitcoin para os Próximos 4 anos: 2022 a 2026

O Banco JP Morgan fez uma previsão do Bitcoin para 146 mil dólares para os próximos anos, enquanto o modelo baseado na escassez do holandês PlanB aponta para 135 mil ainda em 2021.

Não existe um consenso sobre a avaliação de preço do Bitcoin, pois este é simultaneamente “ouro digital”, permite micro-transações via camada secundária, e oferece sistema de registro de dados seguro e sem possibilidade de censura.

Para complicar ainda mais o cenário, a adoção de criptomoedas cresce de forma exponencial, portanto, qualquer previsão do Bitcoin para 2022 ou adiante depende do número de usuários do sistema.

Como prever o preço do Bitcoin?

Para fazer uma previsão do Bitcoin é necessário compreender que seu preço é determinado exclusivamente pelos participantes ativos na compra e venda através das corretoras de criptomoedas (exchanges).

  • Quem comprou anteriormente, e deixou as moedas guardadas, não está participando dessa formação de preço.
  • As exchanges não interferem no preço, apenas concentram os interessados em um mesmo ativo.
  • A oferta de novos Bitcoins criados por dia não se altera: são cerca de 900 moedas por dia.
  • Nem todo Bitcoin novo é vendido, portanto, é incorreto dizer que a oferta de Bitcoin é previsível.

Desse modo, qualquer previsão do Bitcoin, mesmo para o curto-prazo, depende de diversos fatores, que incluem o cenário externo. Por exemplo, o temor de uma crise econômica pode incentivar a venda de ativos de renda variável, inclusive ações de empresas, criptomoedas, e commodities: soja, petróleo, boi gordo, entre outros.

Bitcoin pode atingir R$ 1 milhão? Tire sua dúvida agora:

Qual a previsão do Bitcoin hoje?

Os adeptos ao day trade, a compra e venda no mesmo dia, fazem previsões das mais variadas formas:

  • Noticiário: mantêm-se atualizados através de redes sociais, sites de notícia, blogs dos projetos e desenvolvedores, jornais, dados econômicos, além de lançamentos, parcerias e atualizações; buscam ser os primeiros a reagir a estes eventos e expectativas.
  • Correlação: procuram ativos que apresentam movimentação em sintonia com o Bitcoin, ao menos no curtíssimo prazo, por exemplo, ouro, ações de empresas chinesas, índice do dólar (DXY), taxas dos títulos de tesouro dos EUA, entre outros; essa tendência pode ser no mesmo sentido, ou oposta.
  • Análise técnica: baseia-se exclusivamente nas informações do registro histórico de transações, as compras e vendas; apostam que tendências passadas tornam a se repetir, criando possíveis cenários de acordo com cada padrão.

Portanto, a previsão do Bitcoin, mesmo para curtíssimo prazo, depende de qual abordagem está sendo utilizada.

Como é possível prever o preço do Bitcoin?

Ao contrário da análise gráfica e do uso de indicadores técnicos, os analistas fundamentalistas buscam entender quais os motivos que levam à compra do Bitcoin, a forma de utilização, e como se dá o crescimento dessa rede de usuários.

  • É comum o uso de modelos matemáticos e estatísticos na previsão do Bitcoin.
  • Podem envolver o histórico de ativos semelhantes, como o ouro.
  • Alguns utilizam a curva de adoção do email ou do smartphone, por exemplo.
  • Existe um racional para essa estimativa, ao menos uma correlação histórica.
  • Não é possível afirmar que tais modelos vão continuar funcionando.

Algumas dessas previsões do Bitcoin foram bem assertivas no passado, chegando muito próximo do preço por vários meses. No entanto, por se tratar de um ativo com alta volatilidade, cuja cotação varia de forma muito agressiva, é quase impossível prever o seu preço com exatidão.

Modelo de previsão do Bitcoin: Stock to Flow (S2F)

Criado por um pseudônimo, PlanB, este modelo compara a produção, ou fluxo, do Bitcoin ante a quantidade já emitida, conhecida como estoque. O modelo indica quantos anos são necessários para recompor tudo que já foi produzido até hoje.

  • Quanto maior o indicador, mais escasso é o ativo.
  • São produzidos 6,25 Bitcoins por cada bloco encontrado, que leva cerca de 10 minutos; isso equivale a 328.500 novas moedas por ano.
  • Para saber quantos Bitcoins existem em 23/nov/2021, podemos verificar através do software (node) que mantém os dados históricos: 18.881.237 moedas em circulação.
  • Desse modo, o Estoque / Fluxo (Stock to Flow) do Bitcoin é de 18.881.237 / 328.500 = 57,5 vezes.

Ao analisar esta mesma medida para o ouro, por exemplo, encontramos 195 mil toneladas já mineradas do metal precioso, ante uma produção anual de 3 mil toneladas. Portanto, o S2F do ouro é de 195 / 3 = 65 vezes.

stock-to-flow

Perceba que no final de 2017, por exemplo, enquanto a criptomoeda negociava próximo de 20 mil dólares, o modelo fazia uma previsão do Bitcoin de 5,7 mil. Na ponta oposta, em julho de 2021 o Bitcoin negociou por 30 mil dólares, enquanto o modelo S2F indicava 87,7 mil.

Valor de Mercado / Valor Realizado (MVRV)

Este indicador é uma relação entre:

  • Capitalização de mercado: cálculo simples da última cotação pela quantidade em circulação, e o valor realizado.
  • Valor Realizado: considera a cotação de cada moeda quando foi movimentada pela última vez, uma espécie de “preço médio” de cada investidor.

Desse modo, se a maior parte dos investidores movimentou suas moedas pela última vez quando estava entre 10 mil e 40 mil dólares (média de 25 mil) e o preço atual é de 60 mil dólares, o índice MVRV é de 60 / 25 = 2,4 vezes.

Na realidade, o cálculo é feito através da capitalização total, porém para efeito de ilustração, acima temos um modelo mais simples.

mvrm

A linha vermelha do gráfico é o MVRV ajustado (Z Score), buscando evidenciar os momentos de pico e queda no indicador.

Repare que no final de 2013 e início de 2018 o índice ultrapassou 7,5, uma previsão do Bitcoin ficando “caro”. No início de 2015, e final de 2018, tivemos o MVRV adentrando no terreno negativo, indicando que o Bitcoin estava “barato”.

Na maior parte do tempo, o indicador fica entre 0,10 e 6,0, níveis normais de oscilação, portanto nem sempre há um alerta disponível.

HOLD waves, o efeito do investidor de longo prazo

Nem todo investidor de Bitcoin busca o trade de criptomoedas, comprar para vender em seguida, tão logo ocorra uma valorização expressiva. Desse modo, o holder (ou HODL) busca acumular Satoshis, as frações de Bitcoin, independente de sua cotação.

O impacto de retirar as moedas de circulação possui um efeito duplo:

  • O comprador acomoda parte da pressão vendedora de curto-prazo.
  • Menos moedas ficam disponíveis para os próximos interessados na compra.

Vamos imaginar um caso extremo, onde ninguém tenha interesse em vender suas moedas, por nenhum preço. A única esperança de quem ingressa nesse mercado é que após alguém minerar Bitcoin, resolva vender as 6,25 moedas de premiação por cada bloco encontrado. Nesse caso, a previsão do preço do Bitcoin é de forte alta.

hold-waves

Perceba acima que 44% dos investidores não movem suas moedas há mais de 2 anos. Ou seja, passaram pela queda até 4.500 dólares em mar/2018, e mantiveram a posição mesmo após a alta de 1.430% até os 69.000 dólares em nov/2021.

Acompanhe abaixo algumas dicas para o trade de criptomoedas.

Modelos de previsão do Bitcoin são confiáveis?

Não, pois conforme explicado, o Bitcoin já enfrentou diferentes narrativas:

  • Surgiu como um dinheiro virtual, um sistema financeiro independente.
  • Depois seu foco passou a ser as transações instantâneas.
  • Sua resistência a ataques e censura ganhou destaque em 2017, quando dissidentes criaram o BCash (BCH).
  • Ao final de 2020, com empresas e fundos de investimento alocando, passou a ser denominado como Reserva de Valor.
  • Alguns investidores valorizam sua baixa correlação com ativos tradicionais, utilizando o Bitcoin para gerenciar o risco de suas carteiras.

Isso sem contar no avanço exponencial da Lightning Network, a segunda camada utilizada para micro-transações. Este modelo foi adotado por El Salvador, o primeiro país a adotar Bitcoin como uma de suas moedas oficiais.

Faça seu próprio estudo ao invés de confiar cegamente na previsão do Bitcoin de terceiros. Abra sua conta no Mercado Bitcoin e saia do zero! Inicie hoje mesmo neste mercado que não para de crescer.

Fique ligado

Ainda não tem conta?

Participe agora da nova economia digital!

Criar conta

Fique por dentro das novidades

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo assim que sair.